Com uma dívida calculada em US$ 1,7 bilhão, o grupo de cassinos do magnata americano Donald Trump, o Trump Entertainment Resorts, recorreu nesta terça-feira (17) à proteção da lei de falências norte-americana. O capítulo 11 da lei permite a reestruturação de uma empresa em amparo dos credores.

 

 

 

A demanda marca a terceira aparição do grupo a um tribunal de falências", segundo o Wall Street Journal. O grupo não efetuou o pagamento de US$ 53 milhões em juros em dezembro e tinha até esta terça para quitar o débito. O bilionário Donald Trump deixou o conselho da empresa no início do mês, dizendo não concordar com as decisões tomadas pelos demais acionistas.

 

 

O Trump Entertainment Resorts possui várias áreas de jogos em Atlantic City, cidade de Nova Jersey onde moradores de Nova York costumam fazer suas apostas. Os lucros com as apostas na cidade tiveram uma queda de 7,6% em 2008, no segundo recuo anual, com a recessão mantendo afastados os apostadores.

 

G1

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Caso Madeleine tem novo suspeito já condenado por pedofilia

O anúncio de que um homem detido na Alemanha como novo suspeito no caso Madeleine McCann é mais um capítulo no mistério para solucionar o desaparecimento que comove a Europa…