Por pbagora.com.br

O técnico Emerson Leão e o atacante Rafael Moura receberam voz de prisão e foram conduzidos à 10ª DP, em Pau da Lima, Salvador, sob acusação de agressão feita pelo radialista Roque Santos depois do duelo com o Vitória no Barradão, na noite desta quarta-feira.

Indignado com a arbitragem da partida, que terminou empatada por 2 a 2, o comandante do Goiás entrou em campo para reclamar com o juiz e iniciou a confusão. Rafael Moura também acabou entrando na briga e deu um soco em Roque Santos.

De acordo com a Rádio Sociedade da Bahia, Romerito também teria sido conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos.

– Eu apenas perguntei: "O que foi que aconteceu, professor?" – afirmou Santos, segundo o site Ibahia.

O repórter ainda disse que ia processar o técnico Leão e os jogadores Rafael Moura, Marcão e Romerito, todos do Goiás.

– São covardes, passaram a me agredir – completou o radialista.

 

 

G1