Em um ano em que perdeu o Campeonato Paraibano, a Copa do Nordeste e não teve uma boa participação na Copa do Brasil, o Treze tenta se livrar do rebaixamento da Série C do Brasileiro para salvar a temporada. Só que a situação do Galo está turbulenta nesta reta final da competição. Os últimos resultados empurraram o alvinegro para o “grupo da degola”, e desencadeou uma crise interna. Alguns jogadores já pediram para deixar o clube antes mesmo do término da Terceirona.

Depois de confirmar a saída do meia Athos, que nem apareceu no treinamento deste quinta-feira no Estádio Presidente Vargas, o Treze perdeu mais um atleta para as duas últimas partidas na Série C. O meia Alan Bahia, que chegou ao Alvinegro durante a pausa para a Copa do Mundo, também se desligou do Alvinegro do Bairro São José.

Com a saída dos dois jogadores, confirmadas na tarde desta quinta-feira, a situação ficou ruim para o treinador Everton Goiano conseguir montar até o time para disputar o coletivo visando a partida contra o Paysandu. Sem atletas suficientes para montar os times titular e reserva, o comandante trezeano teve que improvisar e utilizou o terceiro goleiro Arthur, que teve que atuar como zagueiro, e até o auxiliar Fábio Menezes, que jogaram uma parte do treinamento no time reserva.

Mesmo tendo que imprvisar o time, Everton Goiano começou a definir a equipe que entará de em campo na segunda-feira, contra o Paysandu, fora de casa. A equipe titular, que começou a movimentação, foi formada por Gílson, Pitty, Márcio Paraíba e Wanderson; Bruninho, Magno, Charles Vágner, Leandro, Luciano e Fernandes; no ataque, Rafael Oliveira. No decorrer do trabalho, foram realizadas algumas modificações e o time ainda não tem uma definição.

Faltando apenas dois jogos para o fim da primeira fase da Série C, e com o Treze na zona de rebaixamento, um dos atletas mais experientes do time, o lateral-direito Osmar, disse que a melhor estratégia que deve ser seguida no momento é "blindar" os jogadores para qualquer evento extracampo.

Isso porque, insatisfeita com desempenho do time na Série C, a torcida protestou no treino da última quarta-feira, e chegou a atirar rojões em direção ao estádio Presidente Vargas. A polícia teve que ser chamada para conter o ímpeto dos torcedores.

O Treze entra em campo na segunda-feira para encarar o Paysandu em jogo válido pela 17ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Atualmente, o Galo ocupa a nona colocação na tabela de classificação do grupo A, com 16 pontos e está na zona de rebaixamento, atrás do Águia de Marabá por conta dos critérios de desempate. Depois do “Papão”, o Galo encerra a sua participação competição enfrentando o Salgueiros no PV.

Severino Lopes

PBAgora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lutadores paraibanos vencem evento de MMA no Rio de Janeiro

Com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), três paraibanos foram campeões do Jungle Figth de MMA realizado nesse fim…