A Paraíba o tempo todo  |

Ranielle lamenta jogo morno entre Atlético-CE e Campinense e espera mais futebol no Amigão

Tudo igual entre Campinense e Atlético-CE após a primeira partida semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro. Na tarde desse sábado, mais precisamente em Horizonte, Águia e Raposa empataram em 1 a 1 num jogo em que Mauro Iguatu, goleiro da equipe paraibana, defendeu mais um pênalti. Após a partida, o técnico Ranielle Ribeiro, do Rubro-Negro, admitiu que o futebol não foi dos mais vistosos e criticou as condições do gramado do Domingão, além da alta temperatura de um duelo que começou às 15h desse sábado. O comandante, por sinal, garantiu que espera dois times mais técnicos no jogo de volta, em Campina Grande, no próximo sábado.

Ranielle Ribeiro declarou que já estava esperando uma partida dessa maneira, garantiu que nem o Campinense nem o Atlético-CE conseguiram demonstrar um futebol mais bem jogado, muito por causa do gramado desgastado do Domingão e também pelo forte calor durante os 90 minutos na tarde cearense.

— Não fizemos uma partida vistosa. Eu acho que poderíamos ter feito uma partida mais coesa, mas aí eu entro na pele dos atletas. Entramos para jogar as 15h, um calor enorme. E tem outro ponto, quando jogamos aqui na fase de grupos, o campo estava bem melhor. Isso justifica o comportamento do próprio Atlético-CE, que não conseguiu ser envolvente. Eu acho que teremos um jogo melhor, com Campinense e Atlético-CE jogando melhor num gramado melhor, que é o do Amigão. Também senti um pouco de falta de ritmo de atletas como Juliano, Joílson e de Matheus Régis. Eles costumam entrar em campo, mas falta um pouco disso, e eles certamente estão sendo cobrados, pois possuem potencial para jogarem melhor. Nós sabíamos que não seria o Atlético-CE das fases anteriores, pois o time é muito técnico e não conseguiu imprimir isso diante das dificuldades impostas pelo campo — analisou o técnico do Campinense.

Sobre a marcação do pênalti para o Atlético-CE, Ranielle Ribeiro afirmou que ainda não tinha visto o lance, mas que foi informado que a marcação não foi correta. Para o treinador, o VAR não deveria interferir em decisões de campo como em lances como esse.

— Eu não vi o lance, por isso não posso comentar. O que eu recebi por ligação é que não foi pênalti. O VAR é benéfico para o futebol, mas acho que ele não deve interferir na decisão do árbitro em lances como esse. Por pouco nós não saímos prejudicados — afirmou Ranielle.

Globoesportes.com

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe