A Paraíba o tempo todo  |

Pivô da Seleção Brasileira de Basquete Feminino morre de leucemia aos 18 anos

A pivô Michelle Splitter, irmã de Tiago Splitter, morreu nesta segunda-feira vítima de leucemia. As informações são do blog do Luciano Silva, da ESPN Brasil. Esta foi a segunda manifestação da doença que já havia tirado a jogadora das quadras anteriormente. Desta vez, ela não resistiu.
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A pivô Michelle Splitter, irmã de Tiago Splitter, morreu nesta segunda-feira vítima de leucemia. As informações são do blog do Luciano Silva, da ESPN Brasil. Esta foi a segunda manifestação da doença que já havia tirado a jogadora das quadras anteriormente. Desta vez, ela não resistiu.

Splitter, que atua no Tau Ceramica, da Espanha, já está em Campinas, no interior de São Paulo, para acompanhar o velório da irmã.

Depois de sofrer com leucemia e conseguir retornar às quadras em 2007, Michelle Splitter teve a doença diagnosticada pela segunda vez no final de novembro de 2008 e precisou ser internada para um novo tratamento.

A partir de então, Michelle permaneceu no Centro Boldrini, na cidade de Campinas, interior de São Paulo, para dar sequência ao tratamento. Sempre com a ajuda da mãe, a atleta chegou a coroar a recuperação com uma convocação para a seleção brasileira. Michelle era considerada uma das maiores esperanças do basquete feminino do Brasil.

UOL

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe