Campinense e Treze fazem neste domingo, dia 1º, às 16 horas, o primeiro Clássico dos Maiorais da Serra da Borborema, no estádio Amigão, pela quinta rodada do primeiro turno do Campeonato Paraibano de 2009.

Desta vez, a Raposa está em melhor situação que o Galo da Borborema, já que ocupa a segunda colocação, com sete pontos ganhos, enquanto o rival está na quinta posição, com seis pontos.

Após derrotar de virada o Esporte de Patos (3 a 2) no meio da semana, o rubronegro serrano terá algumas novidades para encarar o rival. Retornam a equipe o atacante Marquinhos Marabá, que foi liberado pelo departamento médico e o volante Glauber Gomes, que cumpriu suspensão automática. Na opinião do treinador Freitas Nascimento, todo clássico se torna envolvente e muito disputado pelas duas equipes, principalmente pela rivalidade existente entre as torcidas.
Apesar da derrota do adversário para o Internacional de João Pessoa (2 a 0), o comandante raposeiro pede muita atenção e determinação dos jogadores para evitar surpresas negativas.

"Temos que nos prevenir contra as surpresas negativas, principalmente no clássico paraibano. Iremos fazer a nossa parte e tentar a liderança do turno", frisou. Dentro de campo, o artilheiro Fábio Junior promete muita disposição para balançar as redes do adversário.

"Todo clássico é importante para o jogador, que busca fazer o melhor e sair de campo com uma vitória, principalmente em cima do Treze. De minha parte estou super motivado e disposto a colaborar com a vitória do Campinense", avaliou o artilheiro.

Já o alvinegro serrano que dar a volta por cima e conseguir a reabilitação contra o rival. Após a péssima atuação na derrota para o Internacional a ordem no Presidente Vargas é apagar a má impressão, vencer o clássico e voltar ao G4. A grande novidade do Galo da Borborema é a estréia do atacante Nonato, que pode formar o ataque ao lado de Cléo Paranaense, que foi liberado pelo departamento médico.

Confiante que o time possa realizar uma melhor apresentação, o treinador Quintino Barbosa alertou ao grupo a necessidade de vencer a Raposa para dar uma maior motivação e encarar o Botafogo no dia 8 deste mês, no Amigão. "Vamos nos recuperar do insucesso do último jogo e buscar a vitória no clássico. Um resultado positivo dará um melhor astral ao grupo", disse.
 

 

O Norte

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Belo-PB vai para o tudo ou nada em cima do Náutico e espera o apoio da torcida

A diretoria do Botafogo-PB já decidiu que só resta um caminho para o time continuar no G4, do Campeonato Brasileiro da Série C que é ir para o tudo ou…

Bota-PB não joga bem, perde para o Náutico e se complica na Série C

Com bom público no estádio Almeidão, em João Pessoa, o Botafogo-PB recebeu o Náutico pela décima sétima rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Voltando a jogar…