Por pbagora.com.br

Em entrevista coletiva concedida na Secretaria de Comunicação do Estado, no Centro Administrativo, em Jaguaribe, o secretário Sales Gaudêncio, da Educação, anunciou a formação de uma força-terefa para consolidar uma série de projetos até o final do mandato do governador José Maranhão (PMDB), em 2010. Entre as prioridades anunciadas por Gaudêncio, destacam-se a conclusão de 19 escolas em várias regiões do Estado e o investimento direto em 503 unidades, através de recursos do Fundo de Desenvolvimento da Educação (FDE).

Após fazer críticas ao setor de Educação da gestão anterior, Sales Gaudêncio disse que, segundo o governador Maranhão, a prioridade agora é assegurar educação de qualidade e tornar realidade os projetos que não foram concluídos no governo passado.

O programa de alfabetização de jovens e adultos também vai ser intensificado. A meta, segundo Sales Gaudêncio, é alfabetizar 60,3% dos mais de 600 mil analfabetos do Estado. Anunciou, ainda, que o atual governo vai honrar o piso salarial nacional, implantado pelo governador Cássio Cunha Lima, no final do ano passado, par aos professores.

Sales Gaudêncio assegurou também que já está sendo retomada a Patrulha Escolar, após entendimentos com a Secretaria de Segurança e  Defesa Social. O secretário informou que, do total de 6 mil professores temporários que tiveram o contrato encerrado em 12 de dezembro último não serão necessariamente recontratados, mas que já está sendo feito estudo para a realização de concurso para as disciplinas de Sociologia e Filosofia.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Retomada das aulas presenciais pelo Brasil: veja as previsões em cada UF

O Portal Nacional da Educação apurou que na maioria dos estados brasileiros ainda não há um plano definitivo da retomada gradual das aulas presenciais nas escolas e universidades (públicas e…

Normas para realização de aulas de cursos técnicos em institutos federais são prorrogadas pelo MEC

Em portaria publicada nesta terça-feira (4) no Diário Oficial da União (DOU) o Ministério da Educação (MEC) autorizou as aulas a distância ou a suspensão temporária para atividades de instituições…