Por pbagora.com.br

A Paraíba permanece sem registro de casos confirmados do Coronavírus. Nesta sexta-feira (6), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) descartou mais dois casos da doença: um homem de 31 anos, e uma mulher de 27 anos, ambos com histórico de viagem à Bélgica, Inglaterra e França. Ainda nesta sexta-feira foi notificado um novo caso suspeito, em João Pessoa. Uma mulher de 26 anos com histórico de viagem para Espanha foi orientada ao isolamento domiciliar no qual permanece em monitoramento pela Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa. Dos 6 casos que foram notificados, todos em João Pessoa, três já foram descartados e os outros três permanecem em investigação.

Os pacientes que tiveram o caso descartado chegaram ao Brasil no dia 1º de março com sintomas do Covid – 19 e procuraram o serviço privado por contra própria, sendo notificados pela Vigilância Municipal de João Pessoa que realizou coleta e monitorou os casos durante isolamento domiciliar. Outros dois casos suspeitos chegaram ao território paraibano, sendo notificados em Campina Grande, porém estes serão contabilizados no estado de Pernambuco, onde o casal reside.

O casal teve uma passagem recente pela Itália e estava em Campina Grande em viagem de turismo, mas já retornaram para seu estado de origem. Todos os casos devem ser registrados por serviços públicos e privados, por meio do formulário eletrônico, dentro das primeiras 24 horas, a partir da suspeita clínica. No Brasil subiu para 9 o número de casos, de acordo com o Ministério da Saúde, nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. O país monitora 636 casos suspeitos, outros 378 já foram descartados.

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, reforçou que a Paraíba possui um plano estadual para notificação e assistência para o novo Coronavírus, o qual já vem sendo amplamente divulgado desde o mês de janeiro. “Queremos tranquilizar a população, pois não há motivo para pânico. É importante a notificação e o monitoramento dos casos, que fazem parte dos protocolos, para que possamos compreender o comportamento da doença e para garantir melhor assistência para todos”, enfatizou o secretário.

A SES reforça ainda que as unidades de referência para atendimento de casos prováveis do Covid-19 são: o Hospital Clementino Fraga e Hospital Universitário Lauro Wanderley, sendo este último para pacientes da pediatria, em João Pessoa; e o Hospital Pedro I, em Campina Grande, os quais devem receber os casos suspeitos, após regulação médica.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais de 120 lojas são autuadas em JP por descumprimento de medidas sanitárias

As ações da fiscalização da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), nos 11 meses de 2020, chegaram ao total de 2.857, somando 590 notificações e 154 autuações,…