O consumo médio de energia no Brasil deve crescer 2% em 2009, em relação ao ano passado, estimou nesta terça-feira (24) o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp.

 

A estimativa é em torno de 1,5 mil megawatts (MW) inferior à previsão inicial, que era de um consumo de 55 mil MW médios. Segundo ele, a previsão havia sido feita antes da crise financeira e por isso teve que ser revista.

 

Chipp acredita, porém, que no mês de fevereiro e início de março já começou a ser invertida a tendência de redução da demanda que foi sentida no fim do ano passado.

 

"A partir de novembro, o ONS notou uma queda na demanda tanto na comparação com o mês imediatamente anterior quanto em relação a igual período de um ano antes, mas isso já se inverteu", disse após participar de evento promovido pelo Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel). Para ele, as "medidas tomadas pelo governo, com redução de impostos e mais facilidades para financiamento, ajudaram a inverter o quadro".

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Auditoria revela má gestão no Conselho Regional de Contabilidade na PB

Uma auditoria realizada pelo Conselho Federal do Contabilidade  apontou a existência de uma má gestão no Conselho Regional de Contabilidade da Paraíba, na atual gestão, referente ao exercício de 2018.…

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 34 mi

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.197 da Mega-Sena, realizado na noite desta segunda (14) em São Paulo (SP). O prêmio acumulou. Veja as dezenas sorteadas: 03 – 11 –…