Por pbagora.com.br

A companhia aérea Gol anunciou nesta quinta-feira (6) que reduziu a menos da metade a frequência de seus voos entre o Chile e o Brasil, para enfrentar um cenário complexo do setor aéreo, afetado pela crise mundial e pela gripe A (H1N1).

 

A Gol, dona da Varig, também decidiu suspender os serviços da marca aos sábados e domingos entre Santiago e São Paulo.

A empresa disse que eliminará os voos de Santiago para Porto Alegre com escalas em Buenos Aires a partir de 15 de agosto.

A Gol terá frequência de sete voos semanais entre a capital chilena e São Paulo, também com escala na capital argentina.

"Antes, a Gol operava 16 frequências semanais entre o Brasil e Chile e agora a empresa terá um total de sete voos semanais", disse a empresa em comunicado.

A companhia aérea de baixo custo, que já havia suspendido a rota Santiago-Lima, informou que as vendas de passagens não estarão temporariamente disponíveis no site da empresa na Internet para a reacomodação dos passageiros que compararam passagens para os voos cancelados. As vendas se normalizarão na sexta-feira, disse a Gol.
 

 

G1

Notícias relacionadas

Mais de um milhão de paraibanos estão endividados

Iniciar o ano com o nome sujo não é bom para ninguém, principalmente diante desse cenário de pandemia e fechamento de comércio. Por isso, é sempre bom estar com o…

Parcela começa a ser paga a beneficiários do Bolsa Família

Os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família começam a receber, nesta sexta-feira (16), a primeira parcela do Auxílio Emergencial 2021. Os primeiros a receber, já nesta sexta, são os…