A Paraíba o tempo todo  |

Educação financeira para crianças: especialistas explicam como abordar o tema

Muitas famílias pensam que dinheiro não é assunto para os pequenos. Só que, se a gente pensar que as finanças vão fazer parte da vida adulta, é fundamental ensinar noções de educação financeira para crianças desde cedo. Visando fortalecer essa prática, os psicopedagogos Cassiana Tardivo e Jorge Amaral dão dicas de como ensinar ao seu filho a gastar bem e poupar quando necessário.

“Quando seu filho aprende a poupar e entende o valor do dinheiro, ele cresce mais consciente em relação a essa questão e tem mais chances de ter independência para gerir o futuro dele com segurança”, diz Jorge Amaral.

Ainda segundo ele, é preciso deixar a criança participar de alguma decisão financeira. “Para que seu filho comece a se familiarizar com as relações financeiras, é importante chamar a atenção dele para o assunto. Então, nada melhor do que fazê-lo participar de alguma decisão que envolva o dinheiro. Como fazer isso? Na compra de supermercado, por exemplo, você estipula uma quantia e fala os itens que precisa comprar. Peça para o pequeno ajudar na escolha dos produtos de modo que não ultrapasse o valor estabelecido. Outra maneira é pedir a opinião da criança sobre a melhor forma de usar o dinheiro. Pergunte se ela prefere gastar com as entradas do cinema ou para ir tomar sorvete. São situações em que ela vai refletir que as coisas custam dinheiro e é necessário fazer uma escolha consciente”, afirmou.

Cassiana Tardivo que afirma ser possível ensinar educação financeira para as crianças, inclusive com atividades exclusivas para esta finalidade.  “Exatamente pelas crianças não saberem, que é nosso papel ensinar: as crianças só vão se apropriar de um conhecimento, se for oportunizado para elas. Quando nós não ensinamos, elas não vão se apropriar disso. Precisa ensinar administração do dinheiro, o valor, o custo do dinheiro e tudo isso envolve educação financeira. O zelo, o cuidado, você adquirir um bem, ter um custo, a durabilidade…”, explica a especialista.

 

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe