Por pbagora.com.br

 Com o dólar em alta, a situação ficou apertada para quem precisa da moeda para viajar a passeio ou estudar no exterior.

 

A alta da moeda também desperta o interesse de investidores, que querem saber se vale a pena comprar dólar como aplicação financeira, ou, até mesmo, de quem tem a moeda e quer lucrar com a venda.

 

Para Mauro Calil, especialista em investimentos do banco Ourinvest, e Pedro Paulo Silveira, economista-chefe da TOV Corretora, a tendência da moeda é de alta. "O dólar pode chegar a R$ 4,20 até o fim do ano", diz Calil. Silveira acredita que a moeda pode subir mais ainda: R$ 4,50.

 

Ambos os especialistas aconselham: para quem precisa de dólar, o melhor é comprar a moeda de uma vez. "Os motivos que estão fazendo o dólar subir –crise política e crise econômica– não devem melhorar no curto prazo. É quase certeza que o dólar continue a aumentar", diz Silveira.

 

Moeda já se valorizou 68% em um ano

Quem vai viajar agora não tem muita opção: vai ter de pagar caro. Afinal, em um ano, a moeda norte-americana já se valorizou 68%. "Estava R$ 2,37 em 21 de setembro do ano passado. Nesta segunda-feira (21), atingiu R$ 3,99", afirma Silveira.

 

Para quem não tem necessidade de fazer uma viagem ao exterior, o conselho é adiar a viagem ou trocar por um destino que também tenha desvalorizado sua moeda, tal como a Argentina.

 

Calil e Silveira não aconselham o investimento na moeda, pois afirmam que o dólar não é investimento, mas especulação. "Quem comprou dólar a R$ 4 em 2002 perdeu dinheiro. De lá para cá, a inflação foi superior a 80%. Isso significa que o dólar tinha de estar valendo R$ 7 para empatar com a inflação da época. Se tivesse investido em juros, teria recebido inflação mais 6% ao ano", diz Silveira.

 

Uol

Notícias relacionadas

Caixa libera saque do Auxílio Emegêncial; confira a relação dos beneficiados

Quem nasceu em abril poderá sacar a partir desta quarta-feira (5) o valor referente a novas parcelas do Auxílio Emergencial. Também será possível realizar transferências. A liberação ocorre para quem…