Por pbagora.com.br

Representantes do turismo na Paraíba já cogitam tornar Juliette Freire, uma espécie de “embaixadora” do setor. Sobre isso, a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, informou que a ideia do trade turístico, segmento formado por empresários, entidades e Governo é se aproximar da paraibana e com isso, ajudar a divulgar o Estado, em especial na pandemia.

“O que o trade turístico pensa é como se aproximar de Juliette, o que não sabemos ainda, ela ainda está na casa, às pessoas que atuam com ela ainda não sabem como vai ser. Mas pensamos em como tê-la, se ela aceitar, como uma espécie de embaixadora do turismo da Paraíba. É um momento muito difícil para o setor que no mundo inteiro tem sofrido muito e na Paraíba não é diferente. E tudo o que ela tem feito tem repercutido”, declarou a gestora.

De acordo com a presidente da PBTur, Ruth Avelino, a Paraíba “não teria dinheiro para fazer pelo turismo o que Juliette está fazendo de graça”. Conforme Ruth, todas as ações vão depender muito da disponibilidade e vontade da paraibana após o término do reality show.

“Ela é uma pessoa que está levantando muito o nome do Nordeste. A gente tem visto isso com muito entusiasmo, todo o setor está muito feliz com o que ela está fazendo. Acho que já começou a ter efeito e vai ter um reflexo posterior muito grande”, afirmou.

“Eu não digo o melhor lugar do mundo, mas eu digo um dos mais lugares mais bonitos do mundo. João Pessoa é limpa, relativamente segura”, disse Juliette em uma conversa dentro da casa mais vigiada do Brasil. Fora da casa, os responsáveis pelas redes sociais da maquiadora, que já acumulam mais de 22 milhões de seguidores, também têm exaltado lugares de visitação na Paraíba.

Redação