De acordo com ato do juiz da 5ª Vara Criminal, Giovanni Magalhães Porto, datado da última quarta-feira (8), um dos processos da Operação Calvário está com “tramitação prejudicada” o motivo seria porque não foi possível saber exatamente onde está o ex-executivo da Cruz Vermelha, Daniel Gomes.

Já foram expedidas cartas precatórias para o Rio de Janeiro e Distrito Federal, e não há informações sobre ele.

“O presente processo encontra-se com sua tramitação prejudicada por não ter sido efetivada a citação do acusado DANIEL GOMES DA SILVA.

Já foram expedidas precatória para o endereço informado na denúncia no Estado do Rio de Janeiro e com a notícia que o mesmo estaria preso, novamente para o Rio de Janeiro e finalmente para o Distrito Federal, onde foi informado que o mesmo havia sido recambiado, sem informação para qual local.

De tal forma, determino que o Ministério Público informe em dez dias o endereço atual onde poderá o referido acusado ser citado” afirma o juiz.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibana protagoniza primeiro beijo do Big Brother 2020

Após uma brincadeira de perguntas na área externa entre alguns brothers, na edição deste ano do Big Brother Brasil, o brother Petrix questionou algo à paraibana Flayslane. Ele quis saber…