O deputado Edmar Moreira (sem partido-MG) entregou nesta segunda-feira, 9, sua defesa, na Corregedoria da Câmara, no processo que investiga suposta irregularidade na prestação de contas da verba indenizatória.

O corregedor da Câmara, deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), que está em São Paulo, chega no final da tarde a Brasília e vai acertar com seus assessores os próximos passos da apuração. Moreira tinha prazo até hoje para se manifestar na corregedoria.

Moreira renunciou ao cargo de corregedor-geral após denúncias de que não teria declarado um castelo no valor de R$ 25 milhões.

 

Estadão

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Noiva de Gabriel Diniz diz que joias do cantor foram roubadas

Em um desabado publicado no YouTube, Karoline Calheiros, noiva de Gabriel Diniz, respondeu perguntas relacionadas ao cantor, morto após um acidente de helicóptero em maio. Uma das revelações que mais chamou…

Com apoio de paraibanos, Câmara aprova PL que regulamenta vaquejada

O Plenário da Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (20) a votação do projeto de lei que regulamenta as práticas da vaquejada, do rodeio e do laço no Brasil (PL 8240/17).…