O desembargador Ivan Athié, do Tribunal Federal da 2ª Região, deixou para que o colegiado analise o pedido de liberdade do ex-presidente Michel Temer (MDB).

Assim, o habeas corpus impetrado pela defesa de Temer será julgado só na próxima quarta-feira (27/3) e o emedebista passará o fim de semana na prisão.

ENTENDA

O desembargador Ivan Athié da 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) estava analisando os pedidos de habeas corpus do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, do coronel reformado da Polícia Militar de São Paulo, João Batista Lima Filho e de sua mulher Maria Rita Fratezi. 

Todos foram presos ontem (21) na deflagração da Operação Descontaminação, um desmembramento das operações Radioatividade, Pripyat e Irmandade, fases da Operação Lava Jato. As investigações apontaram crimes de corrupção, peculato e lavagem de dinheiro.

O pedido de habeas corpus do ex-presidente Temer foi feito ontem pela defesa dele. Os outros pedidos foram protocolados hoje.

Agencia Brasil 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bolsonaro diz que governadores do NE pediram veto ao reajuste dos professores

O presidente da República, Jair Bolsonaro, declarou que governadores do Nordeste teriam se posicionado contra o aumento do piso salarial dos professores do ensino básico. Sem dar nomes, o presidente…

Mega-Sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

O concurso 2.225 pode pagar um prêmio de R$ 27 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre neste sábado (18) em São Paulo (SP). A aposta mínima…