A jornalista paraibana Raquel Sheherazade rebateu nessa segunda-feira (13) ataques de bolsonaristas em sua conta no Twitter e não perdeu a oportunidade de avacalhar o deputado Eduardo Bolsonaro. Segundo ela, os ataques foram motivados por uma publicação do filho do presidente.

“Bastou o Eduardo “Bananinha” Bolsonaro soar o berrante e o gado entrou em ação, destilando toda sua sordidez nas minhas redes. Fico honrada. Estar do outro lado da estupidez mostra o quão diferente sou daqueles q me atacam. Deputadozinho e gabinete do ódio, vocês não me atingem!”, afirmou a jornalista.

Ela aproveitou para fazer piada com o deputado, chamando-o de “Eduardo Bananinha Bolsonaro”. A expressão veio a público no último mês de março. Ao comentar a repercussão negativa das declarações do deputado contra a China, vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, destacou que o problema era ele ser filho do presidente e que “se o sobrenome dele fosse Eduardo Bananinha, não era problema nenhum”.

Mais cedo, Eduardo Bolsonaro acusou Sheherazade de ter posturas diferentes por ter condenado a ameaça de morte ao governador João Doria e, na sua visão, apoiado a “celebração da tentativa de assassinato de Jair Bolsonaro. O deputado se refere a uma postagem em que Sheherazade criticou a censura ao cartaz do “Facada Fest”.

Revista Fórum

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dono de Havan e outros aliados de Bolsonaro são alvo de operação da PF

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (27) mandados de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que apura produção de notícias falsas e ameaças à…

Contas externas têm saldo positivo de US$ 3,840 bilhões em abril

As contas externas registraram saldo positivo pelo segundo mês consecutivo, informou hoje (26) o Banco Central (BC). Em abril, o superávit em transações correntes, que são as compras e vendas…