Por pbagora.com.br

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse nesta quarta-feira (16) que todos os 27 países do bloco começarão a vacinar sua população “no mesmo dia”, assim que uma vacina for aprovada pelo órgão regulador europeu.

“Começaremos a vacinação o mais rápido possível todos juntos, todos os 27, no mesmo dia, da mesma forma que passamos por esta pandemia juntos”, disse Von der Leyen em uma sessão do Parlamento Europeu, em Bruxelas.

A Agência Europeia de Medicamentos (AEM), com sede em Amsterdã, adiantou para 21 de dezembro uma reunião que discutirá a liberação da vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech. Caso seja aprovada, é possível que uma campanha de vacinação comece já antes do Natal.

Von der Leyen reforçou para os deputados europeus que a vacina da Pfizer e BioNTech é apenas uma da seis que já foram contratadas pela União Europeia.
Além da Pfizer, o bloco comprou os imunizantes da AstraZeneca, CureVac, Johnson & Johnson, Moderna e Sanofi-GlaxoSmithKline.

Se todas essas vacinas forem aprovadas, os 27 países – que somam cerca de 450 milhões de habitantes – terão, ao todo, dois bilhões de doses.

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Secretário avalia positivamente a eficácia da Coronavac

A vacina Coronavac teve eficácia global de 50,38% nos testes clínicos realizados no Brasil, segundo informou nesta semana o Instituto Butantan, que desenvolve o imunizante contra a covid-19 em parceria…

Médico urologista de Patos Vanduí de Oliveira morre de Covid-19

Família confirma morte em Campina Grande do médico urologista patoense Vanduí Leandro de Oliveira, que vinha lutando contra a Covid-19. O médico morreu nesta quarta-feira, 13/01, às 22h40min, contrariando a…