Hospital de Trauma elabora plano de atendimento e reforça estrutura para o carnaval.

Um plano técnico operativo está sendo elaborado pelo mais importante complexo de saúde do estado visando o reforço de atendimento à população durante o período de carnaval. O Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena vem se reforçando para atender a crescente demanda de atendimentos previstos nesse período, sobretudo os relacionados ao trânsito.

O hospital, que atendeu mais de 1,3 mil pessoas no ano passado, está se reforçando para prestar uma assistência de qualidade ainda melhor à população esse ano. O plano será coordenado pelo diretor do Hospital, médico Jomar Paulo Neto, e prevê, dentre outras coisas, o reforço dos plantões médicos e dos insumos hospitalares, regime de alerta para todos os coordenadores setoriais e a disponibilização de toda a estrutura assistencial da unidade.

“Estamos reforçando nossa capacidade de atendimento para o período e dotando todas as medidas visando propiciar infraestrutura, pessoal, material cirúrgico e medicamentos”, avisa o diretor do hospital, Jomar Paulo Neto.

Conforme Paulo Neto, o Trauma contará no carnaval com várias equipes médicas distribuídas em plantões diurnos e noturnos em 15 especialidades, como traumatologia, ortopedia, cirurgia geral e clínica médica.

O Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (SES), é considerada principal referência no atendimento de urgência e emergência na Paraíba.

Secom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais dois casos de Malária são registrados na Paraíba; já são 16 este ano

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou nesta sexta-feira (16) dois novos casos de malária. A informação foi divulgada pelo Hospital Universitário Lauro Wanderley (HU), em João Pessoa. De…

Risco de surto no país faz Paraíba emitir alerta contra sarampo

A Secretaria de Estado da Saúde emitiu um alerta aos serviços de saúde para casos suspeitos de sarampo, embora a Paraíba apresente somente um caso em investigação. O cuidado se…