A Paraíba o tempo todo  |

Projeto de recuperação e revitalização da fachada do HU de João Pessoa é apresentado a gestores da instituição

O Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB/Ebserh), da Universidade Federal da Paraíba e vinculado à Rede Ebserh, vai iniciar, a partir de 2022, as obras de recuperação e revitalização de sua fachada. As mudanças têm como principal objetivo garantir maior segurança aos usuários e colaboradores do hospital-escola, em funcionamento há mais de quatro décadas.  

Para mostrar a relevância da obra e conscientizar acerca dos impactos, foi apresentado, na manhã desta terça-feira (30), o projeto da nova fachada. O encontro aconteceu no auditório Lindbergh Farias e reuniu gestores e colaboradores do HULW com o intuito de mostrar a importância das mudanças, além de levantar discussões sobre as problemáticas geradas durante a execução e apontar soluções para mitigá-las. 

“O objetivo primordial da apresentação foi demonstrar a relevância da obra. Mostrarmos a situação atual da estrutura (datada em mais de 40 anos), quais situações poderão ocorrer durante a execução da reforma e soluções encontradas para reduzir impactos, já que todas as mudanças serão executadas com o hospital em funcionamento”, explicou a chefe da Divisão de Logística e Infraestrutura do HULW, Márcia Dutra. 

A obra de revitalização deve ter início em janeiro do próximo ano e será executada em seis fases com duração prevista de pelo menos dois anos no total. Entre os resultados trazidos estão segurança, durabilidade, eficiência, ventilação, iluminação e mobilidade. “Todas as obras passam por um período de planejamento e, neste caso, não foi diferente, até pela magnitude. Portanto, a equipe pensou em várias soluções para o novo projeto”, disse Márcia. 

Entre os benefícios da reestruturação da fachada do Lauro Wanderley estão implantação da rampa de emergência, reforma e adequação das vias de acesso para maior mobilidade, revitalização das fachadas com substituição da atual estrutura de brises – trazendo maior segurança para quem transita no entorno do edifício, garantia de ventilação e iluminação natural no interior do hospital, e recuperação da estrutura principal da fachada. 

O superintendente Marcelo Tissiani agradeceu a presença dos colaboradores e gestores, e enfatizou que a finalidade da execução da nova fachada do HULW é garantir segurança. “O motivo dessa reunião é apresentar para vocês o que nós estivemos projetando ao longo dos últimos 12 meses. Muitos sabem o quão complexo é concluir um projeto dessa envergadura: são 42 mil metros quadrados de área. Toda essa superfície externa vai passar não apenas por uma reforma, mas por uma reconstrução”, destacou o superintendente. 

O processo para a reestruturação da fachada começou em março de 2021, quando foram destinados, inicialmente, recursos da ordem de R$ 6,3 milhões, posteriormente atualizados para mais de R$ 7 milhões, fruto de emendas de bancada. Em reunião ocorrida este mês com deputados federais e senadores paraibanos, o superintendente Marcelo Tissiani obteve a confirmação de que os recursos serão contemplados no Orçamento 2022. 

Os parlamentares paraibanos que beneficiaram o HULW-UFPB foram os deputados federais Aguinaldo Ribeiro, Damião Feliciano, Edna Henrique, Efraim Filho, Frei Anastácio, Gervásio Maia, Hugo Motta, Julian Lemos, Pedro Cunha Lima, Rui Carneiro, Wellington Roberto e Wilson Santiago, além dos senadores Veneziano Vital do Rêgo, Daniella Ribeiro e Nilda Gondim.  

Principais benefícios da reforma 

  • Revitalização das fachadas com substituição da atual estrutura de brises, trazendo maior segurança para quem transita no entorno do edifício; 
  • Recuperação da estrutura principal da fachada; 
  • Aplicação de novo revestimento na fachada, trazendo maior durabilidade e eficiência na manutenção; 
  • Substituição de esquadrias desgastadas; 
  • Garantia de ventilação e iluminação natural no interior do hospital; 
  • Reforma e adequação das vias de acesso, garantindo mais mobilidade. 
  • Implantação da Rampa de Emergência; 

     
  • Construção da marquise da entrada da recepção principal. 

Da Redação com Assessoria

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      9
      Compartilhe