Por pbagora.com.br

Em entrevista ontem (20), a uma emissora de rádio da capital o secretário de Estado da Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, afirmou que além da disseminação do novo coronavírus que já abrange quase todos os municípios paraibanos, os cidadãos correm outro risco o da o vírus da polarização política disseminada pelo presidente Jair Bolsonaro, este segundo ele, tão ou mais perigoso que o Covid-19.

Geraldo comentou a recente fala do presidente Bolsonaro, onde disse: ““Quem é de direita toma cloroquina. Quem é de esquerda toma Tubaína”, referência a uma marca de refrigerante produzida no Brasil. Para o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, falas como essa são temerárias. Ele é contrário ao uso da cloroquina em pacientes que estejam no estágio inicial de contaminação pelo coronavírus, pois alega os graves efeitos colaterais causados pela droga: “É muito violenta, pode causar arritmias graves e hepatite fulminante”, disse Geraldo.

Uma das suposições do médico Nelson Teich do comando do Ministério da Saúde, teria sido justamente essa a pressão do presidente para que o ministério aprovasse o uso da cloroquina de modo indiscriminado.

Por conta da falta de respeito pela população do decreto que determina o isolamento social, na Grande João Pessoa há uma circulação viral muito grande, sobretudo na Capital, de acordo com testagens realizadas nos últimos dias. Com isso, o secretário disse temer o aumento na ocupação dos leitos de UTI, mas ressaltou que pesar disso, a Paraíba ainda tem leitos disponíveis. “A Paraíba ainda não chegou ao ponto de colapso da rede pública de saúde”, garantiu.

 

Redação

Notícias relacionadas

Paraíba começa a vacinar idosos com mais de 80 anos até a próxima semana

Após iniciar a vacinação dos profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate ao novo coronavírus, e os idosos acima de 60 anos, que estão em abrigos,…

Média móvel de mortes por coronavírus no Brasil chega a 1.055, a maior desde 4 de agosto

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta…