A Paraíba o tempo todo  |

PMCG renova 85% da frota de veículos para transporte de usuários e demandas operacionais

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Dentro da meta estabelecida pelo prefeito Bruno Cunha Lima, ainda na campanha eleitoral, de eleger a Saúde como prioridade em sua gestão, a Prefeitura de Campina Grande segue avançando na melhoria da qualidade dos serviços prestados à população, nessa área. Nesse sentido, a Secretaria de Saúde vem realizando, desde o final do ano passado, um amplo trabalho de renovação da frota de transporte, com o objetivo de melhorar e ampliar o transporte de pacientes.

A pasta tem mais de 100 veículos para atender às demandas da estrutura e mais de 85% da frota foi renovada, sendo que a meta é substituir todos os veículos antigos, por novos, até o final do ano.

Na Atenção Básica, que atende as Unidades Básicas de Saúde, todos os veículos foram substituídos. Somente entre os de pequeno porte, 35 carros foram trocados por novos. Também foram contratados novos veículos de transporte de pacientes que fazem hemodiálise e pessoas que fazem tratamento em outras cidades; além de vans e caminhonetes para o serviço operacional e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

O objetivo é atender mais e melhor a população e os trabalhadores. “Estamos qualificando o nosso serviço. A ideia é dar mais conforto para usuários e profissionais e melhorar o serviço, agilizar o atendimento e o transporte. Hoje não temos demanda reprimida, ou seja, fila de pacientes que precisam dos nossos serviços de transporte”, disse o secretário municipal de Saúde, Filipe Reul.

A grande maioria dessa nova frota é locada, o que otimiza os gastos. “Estamos fazendo esse investimento como forma de otimizar os gastos com a frota. Com veículos alugados, a manutenção e a responsabilidade pelos carros são da locadora. Além disso, com veículos novos nós economizamos com serviços e combustível”, avaliou o chefe de transportes, Vandilson Albuquerque.

Além dessas melhorias, a pasta está estruturando um serviço que vai revolucionar o transporte de pacientes de unidades hospitalares, seja para transferência ou alta médica. A Secretaria de Saúde deve lançar uma Central de Transferência, que vai centralizar as ambulâncias disponíveis para fazer o serviço, atendendo a todos os hospitais públicos municipais com mais eficiência e conforto. “Estamos melhorando sistematicamente nossa frota e nossos serviços. O resultado já é perceptível e será ainda mais sentido pela população, futuramente”, finalizou o secretário.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe