Os movimentos impercepitíveis dos olhos, como pequenos saltos ou ‘sacudidelas’, conhecidos como micro-sacádicos mostram que é realmente impossível manter um olhar fixo estável. Ainda quando uma pessoa tenta manter os olhos fixos em um alvo específico, os olhos continuam se movendo. Pesquisadores tem difundido, com certa frequencia, que esses movimentos seriam resultados acidentais de falsos sinais nervosos.

Um novo estudo mostra que esses movimentos são controlados pela mesma região do cérebro que é usada em atos como folhear um jornal ou para acompanhar a trajetória objetos em movimento. Cientistas acreditam que esses movimentos micro-sacádicos proporciam a função vital de revigorar imagens na retina que, caso contrário, iriam desaparecer.

Richard Krauzlis do Instituto Salk, em La Jolla, California, focou o estudo no centro de comando do cérebro, responsável pelo controle dos olhos. Ele descobriu que essa região do cérebro desempenha um papel integral no mecanismo de controle desses movimentos. A evidência sugere que esses ágeis movimentos são necessários para manter uma vista normal.

– Como as imagens chegam à retina e desaparecem caso a os olhos estejam perfeitamente estabilizados, esses movimentos ajudam a mudar constantemente a cena, sempre de forma sutil, revigorando as imagens em nossas retinas e impedindo a cegueira – afirma Ziad Hafed, coautor do estudo.

JB Online

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

SUS amplia público para vacinas contra febre amarela e gripe

A partir de 2020, o Sistema Único de Saúde (SUS) passará a ofertar uma dose de reforço da vacina de febre amarela para crianças com 4 anos de idade. O…