A Paraíba o tempo todo  |

Morador de rua agoniza em calçada do Geisel

Machucado, morador de rua agoniza em calçada do Geisel por falta de atendimento de Samu e PSF

A professora Josinalda Pereira, moradora do bairro do Geisel, na Capital, denunciou ao PB AGORA na tarde desta quinta-feira (25), que um morador de rua está agonizando em uma calçada ao lado do supermercado Super Box, desde ontem por falta de atendimento do Samu e do PSF, este último sem médico há dois anos.

Segundo a professora, o homem caiu na tarde de ontem , machucou a perna e sem conseguir levantar, está na calçada desde então. Josinalda disse que moradores do local já ligaram inúmeras vezes para o Samu, mas a atendente afirmou que não é competência do órgão atender tal ocorrência.

Preocupada, a professora conta que ligou para o Corpo de Bombeiros e teve a mesma resposta, mas conseguiu contar ao menos com a ajuda de um bombeiro para tentar ajudar o morador de rua. “O bombeiro ligou para o PSF, uma profissional foi até o local onde o senhor está, mas como o PSF está sem médico, disse que não podia fazer nada”, contou a professora.

Enquanto isso, há mais de 24 horas o morador de rua sofre, machucado, em uma calçada do Geisel. “Alguém precisa fazer alguma coisa. Eu não levei ele pra o Hospital porque não tenho carro e não queremos mexer nele e correr o risco de machucá-lo mais. Alguém tem que fazer alguma coisa”, apela Josinalda.

Renata Escarião

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe