A Paraíba o tempo todo  |

Menor morre durante rebelião no Edson Mota; Fundac abre procedimento para apurar motim

A rebelião registrada no início da tarde desta segunda-feira (03) no Centro Socioeducativo Edson Mota, uma unidade da Fundac, em Mangabeira, já deixou um saldo de um adolescente morto a golpes de espeto. O nome da vítima não foi divulgado.

Os motivos da rebelião ainda não são conhecidos, mas a direção do Centro acionou a Polícia Militar para conter os internos. Homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais estiveram no local e a informação repassada pela Fundac há pouco é que a situação está tranquila e o motim, contornado.

Em nota divulgada por volta das 16h30, o governo do Estado informou que abrirá um procedimento para apurar as causas do tumulto.

CONFIRA

A Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) vai abrir processo administrativo para investigar a motivação do processo de rebelião ocorrido no Centro de Atendimento Socioeducativo Edson Mota (CSE), no início da tarde desta segunda-feira (03), e para que os responsáveis sejam identificados e devidamente responsabilizados. No momento, a situação dentro do CSE encontra-se sob controle.

De acordo com a Coordenação de Segurança da Fundação, os adolescentes iniciaram um processo de rebelião no CSE sem qualquer motivo aparente, acarretando no óbito de um adolescente que cumpria medida judicial na Unidade Socioeducativa. A coordenação, com o suporte da Polícia Militar, por meio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), realizou os devidos procedimentos de intervenção e contenção dos adolescentes envolvidos na rebelião.

A presidente da Fundac, Waleska Ramalho, afirmou que todos que fazem parte do órgão se sensibilizam com a perda do adolescente e se colocam à inteira disposição da família para quaisquer esclarecimentos e suporte.

 

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe