Na última quarta-feira (3), a Paraíba registrou o primeiro caso de malária este ano. De acordo com o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), em João Pessoa, uma mulher de 35 anos, moradora do município do Conde, no Litoral Sul, foi diagnosticada com a doença. Ainda segundo a unidade hospitalar, a paciente não possui histórico de transfusão sanguínea e adquiriu a doença dentro da Paraíba. O caso provocou uma reação imediata das Equipes técnicas da Secretaria de Estado da Saúde (SES) com a Secretaria Municipal de Conde que traçaram ontem (03) estratégias para evitar novos casos.

 

Diante da confirmação do caso da paciente internada no HULW, a equipe técnica da Vigilância Ambiental e Epidemiológica da SES junto com a secretaria do município traçou as estratégias para condução e controle da situação apresentada.

 

Dentre algumas das ações já executadas no Conde está a investigação epidemiológica a partir do caso já notificado, para investigação de possíveis casos secundários. A SES informa à população que a Paraíba não é área endêmica para a doença, porém possui quatro espécies de vetores do gênero anophelis: Anophelis aquasalis; An. albitarsis; An.bellator e An. Argyritarsis. O diagnóstico pode ser feito no próprio município e os pacientes são acompanhados por uma equipe que recebe do Ministério da Saúde todos os medicamentos para o tratamento desta doença.

 

Segundo balanço da SES no Estado entre os anos de 1994 a 2018 foram notificados apenas 175 casos suspeitos de malária, sem registro de óbito. Destes, 70 são de pacientes residentes na Paraíba e todos foram registrados como casos importados, ou seja, pessoas que se deslocaram para regiões endêmicas foram infectadas e retornaram para o estado de residência. O caso registrado no último dia 29 no HU é o primeiro de 2019.

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Secretaria de Saúde da PB garante que não forneceu medicamentos vencidos

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), forneceu em 2019 mais de R$ 100 milhões em medicamentos de alto custo à população e, ainda…

CG realiza dia D de vacinação do sarampo neste sábado; veja locais

Neste sábado, 19, acontece em todo o país o dia D da campanha de vacinação do sarampo que busca proteger as crianças até 4 anos da doença. Em Campina Grande…