Para reduzir o número de pessoas que esperam por cirurgias em pelo menos 190 municípios do Estado, o governador João Azevêdo lança nesta sexta-feira (11), às 10h, o Programa Opera Paraíba, durante solenidade no Palácio da Redenção, em João Pessoa. Ao todo, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), serão investidos R$ 6 milhões ainda no primeiro ano do programa, que vai beneficiar aproximadamente 11 mil usuários.

A força-tarefa do Governo do Estado na realização das cirurgias eletivas atende às demandas reprimidas encaminhadas pelas secretarias municipais de Saúde. O programa será implantado em 12 hospitais da Rede Estadual, contemplando 36 tipos de cirurgias nas especialidades de ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia, proctologia e cirurgia geral.

Além de reduzir, de forma gradual e ampla, a fila de espera por cirurgias eletivas, o Programa Opera Paraíba vai descentralizar os atendimentos, concentrados atualmente em João Pessoa e em Campina Grande, garantindo os procedimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Estado, em conformidade com o fluxo estabelecido pelo Complexo Regulador Estadual.

Como contrapartida, o município entra com a realização do exame e com o transporte para a unidade hospitalar que será responsável pela realização do procedimento cirúrgico.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Surto de sarampo preocupa gestores de saúde em todo o Brasil

No momento em que gestores de saúde e governantes de todo o país somam esforços para combater a pandemia da Covid-19, as cinco regiões do país sofrem um surto de…

Inscrições abertas para o curso online para ‘Pais de Surdos que Ouvem’; restam apenas 35 vagas

Os pais que acabaram de receber o diagnóstico de perda auditiva de seus bebês ou crianças (ou receberam há pouco tempo) são a chave para o sucesso das novas gerações…