A Paraíba o tempo todo  |

Há risco em usar o celular enquanto carrega? Especialista explica quais perigos você corre ao utilizar o aparelho ligado à tomada

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Certamente, muitos de nós já manuseamos os nossos smartphones enquanto carregavam, assim como já deve ter escutado qual o perigo que essa ação representa, e, no entanto, continua a faze-la. Mas, afinal, há risco em usar o celular enquanto carrega? De acordo com o técnico em eletrônica Alex Fernandes, o risco é mínimo, quando os aparelhos estão em condições normais, porem durante o carregamento o ideal é não utilizar o celular ou atender ligações.

Segundo ele, os carregadores originais que acompanham os eletrônicos contam em seu interior com uma barreira de isolamento elétrico, testada pelas fabricantes e certificada pela Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel. Porém, uma descarga elétrica intensa pode trazer grandes riscos de choque elétrico e até mesmo explosão. Ou seja, usar o celular ligado a tomada pode ser um risco.

Portanto, a melhor forma para evitar esses acidentes é não utilizar o smartphone enquanto estiver conectado a tomada, principalmente em dias de tempestade ou com os famosos carregadores piratas, que trazem ainda mais riscos ao consumidor. Outro motivo que leva o usuário a correr esses perigos é a temperatura elevada da bateria que acontece de forma automática, por isso é importante evitar esse superaquecimento.

Especialistas recomendam ainda que os usuários não deixem seus aparelhos expostos ao sol, ou sob os painéis de veículos, a fim de não aumentar as chances de acidentes. Além disso, é importante estar atento a danificações sofridas nos aparelhos como furos, partes amassadas ou outras alterações apresentadas na bateria, pois as mesmas podem favorecer grandes acidentes.

“Nesses casos, o carregador funciona como um transformador de energia e se falhar, pode acontecer uma descarga da rede elétrica e a pessoa levar um choque. O risco é maior ainda em dias de chuva devido a possíveis descargas elétricas intensas. Outra dica muito importante é não mexer no aparelho enquanto carrega se estiver com o corpo molhado”, afirma Alex Fernandes.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe