Por pbagora.com.br

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, lamentou as declarações infelizes do empresário Carlos Wizard, que estava cotado para ocupar uma secretaria no Ministério da Saúde, e um dia antes de assumir o cargo, acabou insinuando que os secretários estaduais de saúde estariam manipulando dados da Covid-19 no intuito de receberem mais recursos do Governo Federal.

Segundo Medeiros, a postura do empresário mostra total desconhecimento da gestão pública e ainda traz à tona um debate político, que deveria está sendo colocado em segundo plano, neste momento.

“A declaração do futuro secretário do Ministério da Saúde revela um desconhecimento total da gestão do Ministério da Saúde, da gestão pública em saúde, e expressa o seu total desconhecimento do que se desenrola durante uma pandemia. Os estados que estão realizando uma testagem intensa que é o caso da Paraíba, ele tem o maior número de casos confirmados e números mais fidedignos para a sociedade e para a definição da circulação viral e das medidas que devem ser implementadas para o combate à covid-19. É lamentável que antes de assumir uma função pública, uma pessoa totalmente alheia ao ambiente de gestão publica de saúde, manifeste uma opinião desse tipo, totalmente inconveniente para o momento”, desabafou.

E continuou: “Esse não é o momento para debate político. Devemos estar unidos para combater o vírus e salvar vidas”.

EM TEMPO

Ontem, depois de abrir uma crise com estados e municípios ao sugerir que os gestores inflavam números de mortes na pandemia para receber mais recursos do governo federal, o empresário Carlos Wizard anunciou que está deixando a função de conselheiro informal da pasta.

“Informo que hoje (7/junho) deixo de atuar como Conselheiro do Ministério da Saúde, na condição pro bono”, disse há pouco.

“Além disso, recebi o convite para assumir a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos da pasta. Agradeço ao ministro Eduardo Pazuello pela confiança, porém decidi não aceitar para continuar me dedicando de forma solidária e independente aos trabalhos sociais que iniciei em 2018 em Roraima”, segue Wizard

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Brasil ultrapassa 157 mil mortes por Covid-19, aponta consórcio de imprensa

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h de…

Independentemente de origem, governo federal adquirirá vacina, diz secretário de Saúde

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros voltou a falar sobre a aquisição e distribuição das vacinas contra a covid-19 durante participação no programa Correio Debate desta segunda-feira (26).…