O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros também lamentou a saída do agora ex- ministro da Saúde, Nelson Teich. O médico se negou a seguir as orientações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a adoção da cloroquina no tratamento contra a Covid-19.

“Já estava difícil, agora com a mudança de ministro vai ficar mais difícil ainda” declarou o secretário.

A mudança, segundo Geraldo, ocorre justamente em um momento que todos deveriam estar unidos.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais de 80% das cidades da PB têm casos de covid-19; JP passa de 100 mortes

O Covid-19 se espalhou com rapidez por toda à Paraíba, e o número de infectados ultrapassou a preocupante marca d os 8 mil. Mais de 80% das 223 cidades paraibanas…

Robô virtual criado pela UFPB tira dúvidas sobre a Covid-19

O Laboratório de Inteligência Artificial e Macroeconomia Computacional da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) lançou, nesta terça-feira (26), um sistema gratuito para tirar dúvidas e informar a população sobre a Covid-19.…