Por pbagora.com.br

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros também lamentou a saída do agora ex- ministro da Saúde, Nelson Teich. O médico se negou a seguir as orientações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a adoção da cloroquina no tratamento contra a Covid-19.

“Já estava difícil, agora com a mudança de ministro vai ficar mais difícil ainda” declarou o secretário.

A mudança, segundo Geraldo, ocorre justamente em um momento que todos deveriam estar unidos.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Capital terá centro especializado em AVC e infarto, garante Cícero Lucena

João Pessoa vai ter uma unidade especializada para o tratamento das vítimas de acidente vascular cerebral (AVC) e infarto, garantindo uma recuperação eficaz e evitando agravamento do quadro. Segundo o…

Brasil tem 5,3 milhões de casos confirmados de Covid, com médias de casos e mortes em estabilidade

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta…