O líder de uma equipe de especialistas da autoridade sanitária chinesa recomendou o uso de medicamentos antimalária para tratar pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Zhong Nanshan disse a repórteres, nessa terça-feira (18), que testes clínicos revelam que o fosfato de cloroquina é eficaz. Ele afirma que apesar de não ser um medicamento milagroso, pacientes que o tomaram tiveram teste negativo para o vírus em um período de 15 dias, sem efeitos colaterais graves.

Zhong também disse que o tratamento utilizando plasma sanguíneo de pacientes já curados é relativamente seguro e eficaz para aqueles em estado grave.

O governo chinês considera esse tratamento promissor e pede que as pessoas que receberem alta doem seu plasma.

Agência Brasil

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Equipamentos retirados do Hospital de Taperoá não estavam em uso

Em nota encaminhada à imprensa neste fim de semana, a Secretaria de Saúde da Paraíba negou que o Estado estivesse retirando leitos que seria utilizados no Hospital de Taperoá. Segundo…