Por pbagora.com.br

A dor que acompanha o ministro Joaquim Barbosa há alguns anos deve continuar piorando, segundo o médico Raphael Marcon, especialista em coluna cervical do Hospital das Clínicas de São Paulo. Marcon falou com o Terra sobre a sacroileíte , doença que estaria afetando a saúde de Barbosa desde 2008 e já lhe forçou a tirar diversas licenças médicas desde então.

“A sacroileíte é uma inflamação na junta, entre o osso sacro e o osso da bacia. É uma doença degenerativa, geralmente relacionada com a idade, já que é mais comum em pacientes mais idosos. Pode ter uma origem inflamatória em pacientes mais jovens, mas é normalmente é uma dor na região lombar”, disse.

Como todas as doenças degenerativas, a sacroileíte não tem cura. “O tratamento dela envolve medicamentos, como anti-inflamatórios , infiltrações, medicina física e reabilitação”, falou o especialista.

Em 2010, Barbosa divulgou uma nota à imprensa para justificar suas licenças médicas e as fortes dores que, em algumas sessões do Supremo Tribunal Federal (STF), o obrigaram a permanecer em pé. “Sofro de dores crônicas nas regiões lombar e quadril há três anos e meio. Por essa razão, desde fevereiro de 2008, vi-me forçado a licenciar-me, de início por períodos de uma a três semanas, para tratamentos que se revelaram insuficientes”, disse o ministro, na ocasião.

Segundo o médico  esse tipo de doença causa dores regulares diante de qualquer carga na região da lombar. “A dor é comum quando a pessoa permanece na mesma posição. No caso da sacroileíte, manter a mesma posição por período prolongado é prejudicial”, disse.

De acordo com o médico, a doença mais comum da coluna é a artrose, que é causada pelo desgaste natural das articulações. Os sintomas da artrose surgem, geralmente, por volta dos 70 anos. Joaquim Barbosa tem 59 anos.

Terra

Notícias relacionadas

Campina Grande vacina idosos a partir dos 60 anos contra Covid-19 na segunda-feira

Campina Grande vacina a partir desta segunda-feira (180, os idosos a partir dos 60 anos contra Covid-19, que receberão a primeira dose da vacina. A imunização acontecerá em todas as…

CG registra 17 novos casos, 4 óbitos e 25 altas por covid nas últimas 24h

A Secretaria de Saúde de Campina Grande registrou, neste domingo, 17 de abril, 17 novos casos, classificados como positivos de covid, no Município, totalizando 26.993 casos. Nas últimas 24 horas,…