A Paraíba o tempo todo  |

Beltrammi revela que ‘hepatite’ em jovens pode ter conexão com a covid-19

O diretor-presidente da Fundação PB Saúde, Daniel Beltrammi, explicou que pode haver uma conexão entre a covid-19 e a ‘hepatite misteriosa’ que vem intrigando médicos e especialistas no Brasil.

“Crianças e um mês a 16 anos, então envolvendo crianças e adolescentes que majoritariamente foram expostas ao coronavírus, mas também outro vírus, o adenovírus F fizeram um quadro de inflamação aguda no fígado a ponto de em alguns casos essas crianças precisassem de terapia intensiva”, explicou.

De acordo com Beltrammi, em entrevista à TV Arapuan, nesta segunda-feira (23), apenas no Brasil são 60 casos suspeitos da doença e, em virtude disso, o Ministério da Saúde montou uma “sala” para verificar os casos e monitorar o avanço da doença.

O ex-secretário de Saúde da Paraíba explicou, ainda, os sintomas que as crianças com a suspeita dessa hepatite tem apresentado.

“Um quadro que começa com dor de barriga, diarreia, vontade de vomitar, náusea e vômitos e amarelão que é na pele, mas que surge primeiramente no branco dos olhos e ali embaixo do frio da língua, aquela preguinha que prende a língua à base da boca, ali também fica amarelado”, finalizou.

Caso suspeito na Paraíba

Uma criança de sete anos está internada no Hospital Universitário de João Pessoa (HU Lauro Wanderley) com suspeita da ‘hepatite misteriosa’. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que os testes feitos na criança apresentaram resultado negativo para todos os agentes causadores das hepatites virais A, B, C, D e E. A SES adiantou ainda que a criança está bem e estável.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe