O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, determinou o protocolo para uso de Hidroxicloroquina em pacientes com estágio inicial da Covid-19 na cidade.

De acordo com o gestor municipal, a decisão foi tomada durante uma reunião com o secretário Filipe Reul, da Saúde Municipal.

“Trata-se de um protocolo que tem apresentado resultados positivos em estados como Pará, Maranhão e Piauí, com notáveis vantagens para os pacientes e também por diminuir o risco de colapso ao nosso sistema de Saúde” declarou.

O tratamento inicial com a cloroquina deve ser realizado com os pacientes que procurarem a UPA do Alto Branco, a porta de entrada do sistema na cidade. Eles receberão um coquetel de medicamentos que inclui a medicação, informou o secretário Filipe Reul.

Se o paciente seguir para o próximo estágio do fluxo de atendimento, realizado no Hospital Pedro I, no bairro de São José, o paciente continuará a ser medicado com o coquetel, sendo liberado para casa sob monitoramento da equipe da Saúde Municipal.

A intenção ainda segundo Reul, é que, com esse novo protocolo, a cura seja acelerada e não haja ocupação por tempo demasiado dos leitos de internação.

O alerta feito pelo próprio secretário é de que a aplicação do coquetel só ocorrerá com base em alguns critérios, que levam em conta a não inclusão no rol dos contemplados as grávidas, cardiopatas e outras condições especiais de Saúde dos pacientes.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Divulgada 19ª lista de profissionais para atuar no combate à Covid-19 na PB

No dia em que a Paraíba ukltrapassou os 10 mil casos de Covid-19, a Secretaria de Estado da Saúde publicou no Diário Oficial do Estado da Paraíba a 19ª chamada…

COVID-19: Romero reforça apelo por cumprimento do isolamento social

Prefeito ressalta imediato funcionamento do hospital de campanha e a reserva técnica na Clipsi, com mais 45 leitos O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, destacou na manhã desta terça-feira,…