Por pbagora.com.br

as ocorrências envolvendo quedas lideraram as entradas da emergência nos Hospitais de Trauma de João Pessoa e de Campina Grande, neste final de semana, de acordo com boletins divulgados pelas duas instituições. Foram 67 na Capital e 61 em Campina Grande.

EM JOÃO PESSOA

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou durante o fim de semana 264 atendimentos. Desse total, 97 foram considerados casos graves ou gravíssimos. Nesse período, a unidade de saúde realizou 33 procedimentos cirúrgicos de alta e média complexidade. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir do sábado (17) até este domingo (18).

Durante o fim de semana, as ocorrências envolvendo quedas lideraram as entradas da emergência, com 67 casos, superando acidentes de motocicletas (39). Outros casos de emergência registrados na unidade de saúde foram corpo estranho (27), agressão física (sete), queimadura (cinco), acidente de bicicleta (cinco), acidente de automóvel (cinco), atropelamento (quatro), arma branca (três) e arma de fogo (dois).

O bairro do Valentina lidera os atendimentos com 17 entradas, seguido por Mangabeira (14), Cruz das Armas (10), Bairro das Industrias (nove) e Pedro Gondim (oito). Já em relação aos municípios Santa Rita lidera com (20), Bayeux (oito), Cabedelo (oito), Conde (cinco) e Mamanguape (quatro).

Perfil – O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena atende casos de urgência e emergência, contudo, muitos procuram a instituição para atendimentos clínicos, não levando em consideração o tipo de assistência prestada pela unidade de saúde, voltada para situações de média e alta complexidade, a exemplo de vítimas de trauma (acidentes e desastres), violência, queimadura, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e hemorragias digestivas.

EM CAMPINA GRANDE

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, atendeu 366 pacienrtes, durante o fim de semana (17 e 18). O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da zero hora do sábado (17) até as primeiras horas desta segunda-feira (19). Os casos envolvendo quedas lideraram as entradas nos plantões, durante o período.

De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, dos 366 atendimentos, 61 foram para vítimas de acidentes de moto. Ainda foram registrados casos de acidente de automóvel (dois), agressão física (sete), vítimas de projéteis de arma de fogo (três), arma branca (quatro), atropelamentos (dois), acidentes com bicicleta (seis) e queda (71). Os demais atendimentos médicos foram na clínica médica e na pediatria.

De acordo com o relatório, o município de Campina Grande registrou 27 acidentes de motos nesse fim de semana, seguido por Esperança (três), Montadas (dois), Puxinanã (dois) e Queimadas (dois).

A unidade de saúde disponibiliza 298 leitos, 301 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas. O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico e é referência em trauma para 203 municípios da Paraíba.

 

Notícias relacionadas

João Pessoa suspende vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades

Seguindo recomendações do Ministério da Saúde, João Pessoa suspendeu a vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades nesta quarta-feira (13). A imunização desse grupo estava acontecendo com doses da Pfizer.…

Geraldo detalha motivos da suspensão temporária da vacina da Astrazeneca

Em entrevista a imprensa o secretário de Saúde da Paraíba Geraldo Medeiros, comentou sobre os motivos da suspensão da aplicação de doses da Astrazeneca em gestante e puérperas, que para…