Com 2.869 pessoas recuperadas da Covid-19, até essa sexta-feira, 12, o índice de pacientes que venceram a doença em Campina Grande chega a impressionantes 73%. O número representa 45% do total de recuperados em todo o Estado. Os resultados positivos na cidade são resultado do conjunto de estratégias implementadas pelo prefeito Romero Rodrigues que vêm sendo implementadas desde de o início da pandemia do novo coronavírus.

A ampliação na aplicação de testes rápidos na população e da adoção de protocolos para administração de medicamentos, como a hidroxicloroquina, por exemplo, na fase inicial da doença, são apontados por Romero medida decisivas para esse sucesso estatístico.

Uma destas pessoas que venceram a Covi-19 em Campina Grande foi a aposentada Maria de Lourdes, de 76 anos. Ela estava internada no Hospital Municipal Pedro I e recebeu alta no dia do aniversário dela, na última quinta-feira, 11. Ao sair do hospital, teve comemoração dupla feita pela equipe da unidade. Do lado de fora da unidade, dona Lourdes reencontrou a família e elogiou o tratamento recebido no Pedro I. “Muito obrigada a todos vocês, que Deus abençõe a cada um”, reconheceu, emocionada.

Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde, 984 campinenses estão em tratamento da Covid-19. A maior parte tem sintomas leves, cumpre isolamento domiciliar, recebem o coquetel à base de Hidroxicloroquina e são monitoradas pelas equipes de Vigilância em Saúde.

Ao todo, 199 pacientes estão internados nos hospitais públicos e privados da cidade em tratamento da doença, porém nem todos são residentes de Campina Grande, pois a cidade é referência para outros 69 municípios paraibanos na assistência em saúde para Covid-19.

Estruturação e zelo

Para atender a demanda da cidade e dos 69 municípios referenciados, o prefeito Romero Rodrigues coordenou pessoalmente, há três meses, a execução de um plano de estruturação do sistema municipal de Saúde para enfrentamento da doença.

Atualmente, Campina Grande já possui 273 leitos exclusivos para Covid-19 na rede pública de saúde, sendo 171 de enfermaria e 102 de UTI com respiradores. Ainda estão previstos para serem ativados, nos próximos dias, outros 176 leitos de internação pelo SUS para tratamento da doença no município, que deverá contar com um total de 533 leitos públicos e privados para Covid-19.

Sustentabilidade

Na manhã deste sábado, a taxa de ocupação de leitos adultos, infantis e neonatais para Covid-19 na cidade, incluindo os hospitais públicos e privados, estava em 56%, com 158 leitos ainda disponíveis.

No complexo do Hospital Pedro I, que inclui o Hospital de Campanha Virgílio Brasileiro, onde a Prefeitura instalou 138 leitos, a ocupação dos leitos de UTI é de 50%. Os dados são do Sistema Municipal de Regulação de Leitos.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Brasil tem 65.631 mortes por coronavírus confirmadas até a manhã desta 3ª

O Brasil tem 65.631 mortes por coronavírus confirmadas até as 8h desta terça-feira (7), aponta um levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias…

PMCG realiza testagem rápida com pessoas em situação de rua

A Secretaria de Saúde de Campina Grande vai realizar nesta quarta-feira, 08, uma testagem rápida com pessoas em situação de rua no Centro da cidade. A ação faz parte da…