Por pbagora.com.br

O Instituto Butantan pedirá à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização para testes clínicos com uma nova vacina contra a Covid-19. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, o pedido será feito ainda nesta sexta-feira (26). O novo imunizante, chamado de Butanvac, foi desenvolvido pelo próprio instituto.

De acordo com o que o diretor do Butantan, Dimas Covas, disse à Folha, todos os testes devem ser feitos até o fim deste ano, quando será possível disponibilizar 40 milhões de doses prontas da nova vacina . Atualmente, além do Butantan, responsável pela fabricação da chinesa Coronavac, a Fiocruz é a outra produtora de vacina no Brasil (de Oxford).

Segundo a reportagem, a Butanvac já passou pelos testes pré-clínicos, realizados em animais, para detectar possíveis efeitos positivos ou de toxicidade. Caso a Anvisa autorize o prosseguimento dos testes, a Butanvac passará pelas fases 1 e 2 de avaliação, quando são verificadas a segurança e capacidade de resposta imune. Somente na fase 3 é que são estipulados os níveis de eficácia do imunizante.

Redação com IG

Notícias relacionadas

Vacina começa a fazer efeito e diminui internações idosos entre 60 e 80 anos na PB

Após três meses de vacinação contra a Covid-19, a Paraíba já sente os efeitos dos imunizantes. De acordo com os dados do Centro Estadual de Regulação Hospitalar para Covid no…

Brasil contabiliza 353,3 mil mortes por Covid; e média móvel continua acima de 3 mil por dia

O país registrou 1.824 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou nesta domingo (11) 353.293 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes…