A recém nascida Maria Eduarda Silva Melo, de pouco mais de 1 mês de vida e portadora de cardiopatia congênita, será transferida pelo Governo do Estado para o Hospital Angelina Caron, na cidade de Campina Grande do Sul, no Paraná, a fim de se submeter a tratamento cirúrgico para correção do problema. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) adotou todas as providências visando o deslocamento da criança, sem a necessidade da intervenção do Ministério Público e da própria justiça como vinha acontecendo nos últimos anos na Paraíba.

A criança está internada na UTI Neonatal da Maternidade Cândida Vargas, na Capital, e a transferência ocorrerá neste domingo, 15, às 6h. Uma aeronave, tipo UTI aérea, modelo Sêneca, da companhia Brasil Vida fará a remoção. O secretário de Estado da Saúde, José Maria de França, informou que a empresa foi contratada por R$ 46 mil, metade do valor contratado das outras vezes pela gestão anterior para o mesmo serviço.

“Estamos cumprindo uma obrigação do Estado. Estamos fazendo o que nos compete, pois está em jogo é a vida de uma criança. Não será mais preciso que as pessoas procurem esses órgãos à procura de um legítimo direito, que é a saúde”, ressaltou José Maria de França ao completar: “a partir de agora o governo fará sua parte”.

A criança se submeterá a cirurgia na segunda-feira, 16, e o Governo do Estado está providenciando ainda o deslocamento dos seus pais, que são naturais de Gurinhém. Além disso, está sendo disponibilizada ajuda de custo para hospedagem e manutenção dos mesmos no Paraná.

Maria Eduarda Silva Melo será submetida à cirurgia para correção de distúrbios no coração. A criança paraibana receberá assistência de saúde no hospital Angelina Caron, na cidade de Campina Grande do Sul, no Paraná. Todo tratamento será custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O Hospital Angelina Caron é uma unidade de saúde que atua em vários níveis de complexidade assistencial, contando com 240 leitos hospitalares, com apoio tecnológico complexo, suportado por equipe multiprofissional diversa, tanto em nível ambulatorial como hospitalar. Sua localização é no município de Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba, distanciado a 20 quilometros da capital paranaense.

Em função de sua complexidade e vinculação com o Sistema Público de Saúde, constitui-se hoje como um hospital de referência estadual e nacional em algumas especialidades médicas, dentre elas a cardiologia.

 

SECOM

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário