Por recomendação do prefeito Romero Rodrigues, um grupo de trabalho formado notadamente pela equipe do primeiro escalão do governo municipal de Campina Grande se reuniu, neste sábado, 14, para tratar de uma série de iniciativas intersetoriais e montar uma agenda de prevenção e enfrentamento à ameaça do novo Coronavírus na cidade. Ao final do encontro, foi preparado um relatório para Romero adicionar ao pacote de medidas a ser anunciado na entrevista coletiva que ele concederá às 10h da próxima segunda-feira, 16, no auditório do Ipsem.

Coordenador da reunião, realizada no Gabinete do Prefeito, o secretário Tovar Correia Lima (Planejamento), destacou as orientações de Romero Rodrigues para que toda a equipe de auxiliares e servidores da gestão de Campina Grande se integre ao esforço a ser empreendido para que a cidade, que não registra um só caso de infecção pelo Covid 19, esteja devidamente preparada para enfrentar a doença. “O prefeito Romero, como líder, tem sido muito incisivo numa convicção pessoal: se cada um – poder público e população – fizer sua parte, não há razão para pânico”, ressaltou Tovar.

Participaram da reunião coordenada por Tovar Correia Lima os secretários Felipe Reul (Saúde), Alcindor Villarim (Gabinete do Prefeito), Rosália Lucas (Desenvolvimento Econômico), Diogo Flávio (Administração) e Rodolfo Gaudêncio (Educação). Os secretários executivos Asfora Neto (Saúde) e Dunga Júnior (Planejamento), além do diretor de Vigilância Epidemiológica do Município, Miguel Dantas, também integraram o encontro de trabalho, que contou ainda com as presenças dos coordenadores Marcos Alfredo (Comunicação) e Rubens Nascimento (Cadastro Único, da Semas), do vereador Marinaldo Cardoso (1º vice-presidente da Câmara) e do assessor do Gabinete, Ricardo Araújo de Melo.

Ficou definido na reunião que o grupo de trabalho se manterá permanentemente em alerta para qualquer reunião de emergência, caso seja necessário, e também centralizará a agenda de estratégias e ações que auxiliará o prefeito Romero Rodrigues a adotar as decisões técnicas referentes ao mutirão, envolvendo governo e a cidade, nesse momento de enfrentamento da Covid 19 em Campina Grande.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CG: quedas superam acidentes de moto em entradas no Trauma

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, atendeu 336 pacientes, durante o fim de semana (11 e 12/7). O balanço tem como base…

Inscrições abertas para o curso online para ‘Pais de Surdos que Ouvem’; restam apenas 35 vagas

Os pais que acabaram de receber o diagnóstico de perda auditiva de seus bebês ou crianças (ou receberam há pouco tempo) são a chave para o sucesso das novas gerações…