A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Ala pediátrica é aberta no Hospital Pedro I, em Campina Grande

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, abre nesta quinta-feira, 20, a ala pediátrica do Hospital Municipal Pedro I. O objetivo é descentralizar ainda mais os atendimentos pediátricos, que têm uma alta demanda nesta época do ano.

O serviço vai funcionar com pronto atendimento aberto, das 7h até meia-noite, todos os dias para crianças a partir de 2 anos de idade.

O espaço da ala pediátrica foi reformado e adequado pela Prefeitura para receber os leitos de internação infantil, sendo 12 leitos de internação, 4 leitos de observação, um local de triagem e estabilização, recepção, farmácia e brinquedoteca.

“A nossa intenção é ampliar a oferta de atendimento para as crianças, visto que nessa época do ano as doenças sazonais acometem boa parte do público infantil. Já criamos várias alternativas para dar resposta a essa necessidade de atendimento e agora, por meio de uma determinação do prefeito Bruno Cunha Lima, estamos abrindo mais este serviço”, disse o secretário de Saúde, médico Gilney Porto.

O objetivo é desafogar, principalmente, a demanda de atendimento do Hospital da Criança e do Adolescente, que atende crianças de mais de 100 municípios.

Em março deste o número de atendimentos do HCA mais do que dobrou em comparação com o mês de janeiro, saltando de 2.858 para 5.737 e o número de internações subiu de 167 para 337, o que representa mais de 100% de crescimento tanto em atendimentos, quanto em internações.

Outros locais de atendimento – Além do Hospital Pedro I, a Secretaria Municipal de Saúde também está disponibilizando todos os dias à tarde atendimento pediátrico no Segundo Mutirão de Consultas e Exames do programa Saúde de Verdade, que acontece no ginásio O Meninão, até o dia 6 de maio.

Também foi aberto um pronto atendimento infantil no Hospital Municipal Dr. Edgley, que funciona de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, e foram abertos 19 leitos de internação no Hospital da Clipsi.

No Centro de Saúde Francisco Pinto, também tem consulta com pediatra de segunda a sexta-feira, manhã e tarde, sem necessidade de agendamento para atendimento.

Hospital Materno Infantil – Paralelamente a essa expansão da rede hospitalar, ambulatorial e de pronto atendimento infantil, a Prefeitura de Campina Grande também busca recursos para viabilizar o projeto de estruturação do Hospital Materno Infantil, que vai agregar hospital pediátrico e maternidade no Município.

Da Redação com assessoria

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe