A Paraíba o tempo todo  |

Prefeitura na Paraíba pretende bloquear salários de servidor que recusar vacina contra Covid-19

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A exemplo do que determinou o Governo do Estado, e outras cidades paraibanas, a Prefeitura de Bayeux, na Grande João Pessoa, ameaçou  bloquear salários de servidores que recusassem vacinas contra Covid-19.
A Secretaria Municipal de Saúde de Bayeux já iniciou um estudo para bloquear os salários dos servidores municipais que se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19 e que estão na faixa etária da imunização.

O secretário de Saúde de Bayeux, Adriano Nascimento, disse que resolveu realizar o levantamento para identificar os servidores que ainda não foram imunizados contra a Covid-19.

“Eu mesmo dei início ao estudo já que a Saúde é responsável pela vacinação de todos os bayeuxenses. Então, não podemos deixar que a pessoa tome a vacina quando quiser. Já estamos vacinando pessoas sem comorbidades a partir dos 37 anos. Quem estiver nessa faixa etária e não tiver se imunizado ainda, poderá sofrer sanções como, por exemplo, ter o salário bloqueado”, explicou o secretário.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe