Na manhã desta terça-feira (12) o Conselho Regional de Medicina (CRM-PB) juntamente com os Conselhos de Enfermagem e Fisioterapia realizaram uma fiscalização no Hospital de Ortotrauma de Mangabeira, mais conhecido como Trauminha.

A inspeção foi realizada após denúncias de usuários da unidade de Saúde.

Os pacientes ou parentes de pacientes denunciaram baratas andando pelos leitos, sujeira, infiltrações nas paredes, no chão e vaso sanitário, além de banheiros com portas quebradas e falta de colchões e lençóis.

A Secretaria de Saúde do Município acompanhou a fiscalização.

O fator superlotação também foi citado pelos usuários.

De acordo com informações do CRM, o Trauminha é uma unidade alvo de muitas denúncias.

O órgão ainda confirmou ter encontrado irregularidades, mas que vai esperar concluir o relatório para que a presidência tome alguma decisão.

Veja as fotos:

 

 

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Secretaria de Saúde da PB garante que não forneceu medicamentos vencidos

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), forneceu em 2019 mais de R$ 100 milhões em medicamentos de alto custo à população e, ainda…

CG realiza dia D de vacinação do sarampo neste sábado; veja locais

Neste sábado, 19, acontece em todo o país o dia D da campanha de vacinação do sarampo que busca proteger as crianças até 4 anos da doença. Em Campina Grande…