Ao se pronunciar na reunião na Associação Comercial nesta sexta-feira (10), com os dirigentes de hospitais, CRM, Curadoria da Saúde, Promotoria da Infância da Juventude, entre outros, o vice-prefeito José Luiz Júnior disse que a administração Veneziano Vital está fazendo a sua parte com importantes investimentos na saúde e citou o fato da cidade estar ganhando uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que vai tratar dos chamados casos de média complexidade.

Outra informação importante repassada pelo vice-prefeito e confirmada pelo secretário municipal de Saúde, José Lavaneri, dá conta que a Prefeitura repassa mensalmente cerca de R$ 650 mil ao Hospital Regional.

Esse montante, conforme o secretário, refere-se à parte da gestão municipal para que a unidade possa funcionar.

O secretário de Saúde destacou que a administração, quando assumiu o governo em 2005, encontrou a cidade com apenas 32 equipes do PSF e que hoje são 92: “Recentemente o prefeito sancionou Lei com melhorias salariais para médicos, odontólogos e outras categorias da saúde. Novas unidades de Saúde foram construídas e outras foram totalmente reconstruídas, como a da Bela Vista, da Liberdade, no Rocha Cavalcante, nas Malvinas, em São José da Mata, o novo Francisco Pinto, o Serviço Municipal, as melhorias no Isea, entre outras”

Lavaneri lembrou ainda que foi na gestão atual que os agentes comunitários de saúde e os Agentes de Combate às Endemias foram reconhecidos como servidores, já que antes recebiam mediante um contrato com as Associação de Moradores e citou ainda que na gestão Veneziano a administração foi retaliada pela gestão estadual passada, quando deixou de repassar à PMCG as verbas do Samu e da Farmácia Básica. “E isso foi regularizado na administração atual”.

Outras iniciativas da atual gestão, conforme o Secretário, dizem respeito à criação do Centro de Psiquiatria, o Cranesp (Centro de Referência em Atenção aos Portadores de Necessidades Especiais), o CEO (Centro de Especialidades Odontológicas) e cinco Núcleos de Prevenção de Violência contra a Mulher. Foi ampliado o número de especialidades médicas oferecidas no Serviço Municipal de Saúde (antiga Casa de Saúde Dr. Brasileiro).

Na área de Saúde Mental, foram inauguradas Residências Terapêuticas e a Emergência Psiquiátrica, no Hospital Dr. Edgley, colocando o município como referência para o Brasil.

Assessoria

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sem mandato, Cássio garante que continuará colaborando com a Paraíba e classifica como remota tese de disputar PMCG

Sem mandato há seis meses, o ex governador e ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), praticamente afastou a possibilidade de disputar a prefeitura de Campina Grande nas eleições do próximo…

Deputado explica motivos de críticas e nega afastamento político do prefeito Romero Rodrigues

Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues…