Por pbagora.com.br

Ex-líder do PMDB na Câmara dos Deputados, o deputado federal Wilson Santiago tentará salvar na próxima sexta-feira (17) o mandato do vereador pessoense Felipe Leitão (PRP), acusado de montar poderoso esquema de compra de votos na Capital. Nas eleições de 2008.

Santiago foi listado como testemunha de defesa de Felipe Leitão e definiu a próxima sexta-feira como o dia em que será ouvido pelo juiz Aluízio Bezerra, da 64ª Zona Eleitoral, responsável pelo caso.

O vereador tenta provar à Justiça que não tem relação alguma como “Votinho de Ouro”, cabo eleitoral preso pela Polícia Federal acusado de ser o intermediário na compra de votos para diversos candidatos na Paraíba.

Depois de Santiago, Aluízio Bezerra quer ouvir apenas mais duas testemunhas listadas pelo próprio juiz para dar a sentença sobre o caso. Felipe Leitão foi acusado por centenas de eleitores de prometer pagar R$ 70 por cada voto em cinco comunidades de João Pessoa.

Sentindo-se enganadas, os eleitores procuraram o Ministério Público depois das eleições para denunciar o vereador. Felipe Leitão diz que tudo não passa de armação patrocinada pelos suplentes do PRP.

PB Agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Opinião: ou Cícero e João põem ordem, ou fura-filas da vacinação se tornarão “pandemia” na Capital e na Paraíba

A situação é a seguinte: denúncias eclodem em João Pessoa e noutros municípios paraibanos que políticos, empresários, funcionários públicos e apaniguados estão furando a fila da vacinação contra a Covid-19,…

Livro-bomba de Eduardo Cunha: Tchau Querida – O Diário do Impeachment

A história é implacável contra a mentira. Mais cedo, ou mais tarde, a verdade sempre virá à tona. Mesmo que seja a conta-gotas. O golpe parlamentar perpetrado contra a ex-presidente…