Por pbagora.com.br

O deputado federal Wilson Santiago (PTB) se posicionou contra uma CPI da Pandemia “partidarizada”. Em entrevista ao programa ‘Arapuan Verdade’, da Arapuan FM, nesta terça-feira (27), o parlamentar afirmou que se for conduzida dessa forma, a CPI perde o seu “objetivo principal”.

“Não devamos concordar que a CPI seja partidarizada porque ela perde o seu objetivo principal que é de encontrar as soluções, esclarecer os fatos e contribuir para avançar na vacina e excluir da vida do brasileiro essa doença que tem perturbado a todos e dado intranquilidade”, comentou.

Por outro lado, Wilson Santiago considera importante as respostas que a CPI irá dar para pôr fim a diversas especulações que, de acordo com ele, prejudicam a população.

“É necessário que se esclareça alguns pontos porque cresceu muito, se especulou muito, em relação a quem é o culpado do atraso da vacina no Brasil: quem teve culpa, quem está atrapalhando ou quem de fato não quer ajudar o governo e com isso prejudicar a população”, finalizou.

 

Da Redação

Notícias relacionadas

Bruno Farias evita debater 2022, mas diz que não faz objeção a nome de Efraim para o Senado

O vereador Bruno Farias (Cidadania), presidente da sigla em João Pessoa, declarou na tarde desta quinta-feira durante entrevista à TV Arapuan, que os debates a respeito da formação da chapa…

“O principal fiscal é a consciência”, diz Bruno, sobre restrições em CG

O prefeito Bruno Cunha Lima confirmou na manhã desta sexta-feira, 14, durante entrevista à Rádio CBN, que assina hoje um novo decreto com medidas ainda mais restritivas para a prevenção…