O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nos dois turnos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 48/19, do Senado, que estabelece nova regra para repasse de recursos federais por meio de execução direta de emendas, sem a necessidade de intermédio da Caixa Econômica.

O deputado federal paraibano Wilson Santiago (PTB) parabenizou os deputados pela aprovação da proposta e lembrou que emendas que chegavam a demorar quatro anos para que o dinheiro entrasse na conta dos municípios, poderão entrar em apenas um ano com a nova regra.

“O parlamentar terá o prazer de já no segundo ano ver uma obra concluída no município para qual ele direcionou os recursos”, comemorou.

A PEC volta agora para o Senado para a votação final.

PB Agora

Total
2
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vídeo: fuxicos sobre não ter legenda em 2020 teriam ‘envenenado’ RC

A avaliação que o governador João Azevêdo fez sobre os motivos que levaram o ex-governador Ricardo Coutinho, do PSB, a agir da forma que agiu fazendo com que a crise…

Diego Tavares se esquiva da briga do PSB: “Cada um que resolva seus problemas”

Muitos são os políticos que estão tomando partido na briga do PSB da Paraíba que culminou com a saída do governador João Azevêdo dos quadros do partido e prevê uma…