A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Walber reage às declarações de Caio Roberto e ‘profetiza’ que sem o Triunvirato nem ele e seu pai serão mais eleitos

Nesta terça-feira (12), o deputado estadual Wallber Virgolino (PL) reagiu às declarações do também deputado estadual Caio Roberto (PL), em meio à guerra aberta do PL na Paraíba. O parlamentar destacou que as palavras de Caio são recebidas com naturalidade, afirmando que dele não se pode esperar contribuições construtivas.

Em uma entrevista à Rádio Arapuan FM, Caio Roberto sugeriu que Nilvan Ferreira busque uma vaga como vereador e afirmou que Walber e Cabo Gilberto teriam que aguardar a janela partidária para deixar a legenda, pois não seriam expulsos. Walber, ao responder a essas declarações, foi incisivo ao apontar que “não podemos esperar nada que agregue” vindo de Caio e destacou que, quando ele, Nilvan Ferreira e Cabo Gilberto, os membros do Triunvirato, decidirem sair do PL, nem Caio Roberto e nem Wellington Roberto serão mais reeleitos.

“Recebo com naturalidade, pois vindo de quem vem, não podemos esperar nada que agrega. São pessoas que têm a política como meio de vida, e ele tá certo, nós não vamos pedir para sair do PL, somos pacientes, ficaremos no partido, mas quando nós sairmos ele e o pai dele correm o risco de não se elegerem mais”, disse.

Além disso, o deputado Wallber criticou a condução dada ao partido em João Pessoa, frisando que a direção nunca demonstrou interesse em fortalecer a legenda. Ele enfatizou suas intenções de agregar, enquanto alegou que a atuação foi unilateral e que o PL, hoje, é um partido subestimado, corroborando com o que, segundo ele, Wellington Roberto sempre almejou.

“Eu sempre quis agregar, e eles não quiseram, sempre agiram de forma unilateral . Apequenaram o partido, o PL hoje é um partido de quinta, é o que Wellington Roberto sempre quis para chamá-lo de seu”, concluiu.

 

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe
      PUBLICIDADE
      ×