Membro da bancada governista, o vereador Alexandre do Sindicato (PHS) admitiu a possibilidade de sua filiação ao PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

Ele afirmou que em conversa com o deputado Julian Lemos, presidente estadual do partido, já abordou sobre a importância de estar com base estruturada em Campina Grande.

– O melhor caminho que o PSL tem que adotar é o caminho que fará uma legenda forte e ampla na Câmara de Vereadores. Não se justifica, em hipótese nenhuma, que o partido do presidente da República não consiga na segunda maior cidade do Estado, a cidade que derrotou Lula, Dilma e Haddad, não consiga ter um vereador ou mais – afirmou.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bayeux é município mais transparente da região metropolitana e o 3º da PB, diz TCE

O Projeto Turmalina do Tribunal de Contas do Estado, que monitora a eficiência dos portais de transparência de todas as prefeituras da Paraíba, apontou Bayeux como o município mais transparente…

Advogado paraibano admite comandar sigla de Bolsonaro na PB, o Aliança pelo Brasil: “Satisfeito com os acontecimentos”

Aliança pelo Brasil, partido que será encabeçado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, após deixar o PSL. O diretório da sigla na Paraíba já pode ter um comandante. O advogado…