Por pbagora.com.br
João Sufoco discursando na tribuna da Câmara de Vereadores de Alhandra
 
 

O vereador de Alhandra João Sufoco (DEM) fez uma denúncia contra o prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues (MDB), durante sessão na Câmara Municipal nessa segunda-feira (26). De acordo com o parlamentar-mirim, a doméstica Maria Elizabeth Meterio da Silva seria funcionária fantasma da Prefeitura de Alhandra.

O parlamentar mostrou documentos que comprovariam que, mesmo recebendo um salário no total de R$ 6 mil, Maria Elizabeth também recebeu o auxílio aluguel de R$ 250,00 ao comprovar na Ação Social que não tinha condições de sobrevivência e necessitava do valor para ter um teto para morar.

O vereador destaca ainda que, mesmo exercendo supostamente o cargo de secretária adjunta, Maria Elizabeth trabalha há vários anos na residência do sogro da filha do prefeito.

Na tribuna, João do Sufoco disse que a mulher não sabia sequer onde era a prefeitura e ao saber que ele estava com os documentos que comprovam o fato, levaram ela para o local juntamente com dois advogados. O parlamentar vai acionar o Gaeco e o Ministério Público para registrar a denúncia formalmente.

Confira os documentos:

 
 
Notícias relacionadas

Galdino quer Avante na vice de João, mas ressalta que escolha cabe ao governador

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado Adriano Galdino, afirmou, nesta sexta-feira (14), durante entrevista ao programa Rede Verdade, da TV Arapuan, que o governador João Azevêdo…

Alheio a debate político, PDT faz mistério sobre futuro e alianças em 2022

Após o deputado federal Damião Feliciano (PDT) ter vencido à Covid-19 em meio a uma batalha pela vida de quase 90 dias, a família tem evitado entrar no debate político…