Por pbagora.com.br

O pedido do diretório municipal da Unidade Popular (UP), para que o candidato Rafael Freire participe de um debate que irá acontecer neste sábado (07) em uma emissora de TV de João Pessoa, foi negado pela Justiça Eleitoral.

A decisão, publicada nesta sexta-feira (06), foi da juíza da 1ª Zona Eleitoral, Cláudia Evangelina Chianca Ferreira de França.

A defesa de Rafael teria argumentado que o postulante à Prefeitura de João Pessoa e mais dois concorrentes ficaram de fora do debate por uma ação ‘anti-democrática’, pelo fato do partido não ter representantes no Congresso.

Já no entendimento da juíza Claudia Evangelina Chianca “considerar a inclusão de partidos sem qualquer representação nas cadeiras do parlamento, seria desconsiderar a cláusula de barreira, o que não é admissível. Após tais ponderações, não se vislumbra irregularidade por parte da emissora de televisão ao não permitir a participação da parte representante no debate a ser realizado no próximo dia 07 de novembro”.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Wilson Filho lança revista detalhando sua atuação parlamentar na ALPB durante o primeiro biênio

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) lançou nesta semana, nas plataformas digitais, revista que detalha a sua atuação na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) durante o primeiro biênio. <<<Confira aqui…

Prefeita eleita de Conde protocola no TCE/PB denúncia contra gestão Márcia

A equipe de transição indicada pela prefeita eleita do município de Conde-PB, Karla Pimentel, protocolou no tribunal de Contas do Estado da Paraíba, na manhã desta quarta-feira, 02/12/2020, denúncia em…